and so it is ..

Finalmente o post da pequena frase que todos os que me querem bem, sabem o quanto significa para mim...uma vidinha de merda, em que tudo desaba quando quase toca no topo... uma fase complicada que me matou a alma, me esborrachou o coração, como tudo aquilo em que sempre acreditei e sempre senti acerca de tudo.

Tudo era o tudo, que se transformou num nada e que deu lugar a um sempre de pequenas moléculas de sorrisos e de fé. Gosto de acreditar. Uma vida feita agora de pequenos momentos que, em vez de originarem lágrimas, vão construindo um pequeno império de sol que cada dia se torna mais majestoso. Pena é que se complique e se questione tudo. Pessoas que, enquanto seres humanos e racionais, gostam, portanto de...complicar. Não vejo melhor termo. Tudo não passa de ideias e curtas-metragens enfiadas dentro do cérebro, esquematicamente elaboradas por forma a aparvalhar tudo o que é perfeito. Gosto de gostar, e, como tal, dou valor aquelas pequenas "paneleirices" que me apetecem, que gosto, e que faço. Sem nunca querer um sorriso, um abraço, nem muito menos um "gosto de ti" em troca. Basta-me o sentir e o caso fica arrumado. No entanto, sabe bem demais um sorriso, acompanhado de um abraço, e de um sincero "gosto de ti". No entanto, vem sempre associado, ao invés, um "mas tens a certeza?", um "mas porquê?", ou um "isso deve ter armadilha pelo meio" que me dá cabo da cabeça e faz tombar o meu castelinho. E então, é aqui que começa o chamado efeito dominó, uma peça bate na outra e resta-nos rezar para que só haja um jogo com poucas peças...Esquemas cerebrais manhosos, portanto...

And so it is.. apareceu, reanimou o que estava desfalecido e fez-me acreditar num gosto-te sentido que acredito que é futuro (longínquo). Se não for, prontoS, não foi, mas nunca me vou arrepender de um dia o ter sentido. Esquemas cerebrais portanto, não são admitidos nem hoje nem sempre...

Sempre acreditei que o que mais gostava em mim (e continuo a acreditar) é a capacidade imensa que tenho de amar quem gosto e o prazer que me dá em me apaixonar por tanta coisa... Pensei ter desaparecido qualquer pedacinho deste tão bem-querer quando bati no fundo. Entraram aqui os Amigos que me fizeram crer que não, e me deram e continuam a dar todos os dias, oportunidades para praticar este dom.

And so it is, just like you said it would be - que uma grande amiga completou com um 'till I find somebody new. Qual deusa da sabedoria e da palavra, seus conselhos sempre demasiado sensatos chegaram aos ouvidos de quem de direito, e pront o. É verdadeiro.

Não quero voltar, quero seguir em frente. As pedras vão desaparecendo deixando o caminho livre. Por favor, não construas muros nem vás buscar rochas. Livra-te de não me acompanhares... O gosto-te até sempre será a expressão mais pura e mais verdadeira que alguma vez ouvirás da minha boca, chega a doer na alma... O que sinto é tão pura e simplesmente isto... sem truques, sem manhas, sem o mínimo de razão, mas com todo o sentir da palavrinha com hífen. E, com que então, a felicidade é isto...



2 comentários:

inocência perdida disse...

Não há dúvida que és uma menina linda, apaixonada pela vida, que prova sempre que pode (e deixam!) o sumo da vida...
Tens uma capacidade extraordinaria de esquecer o que não interessa, o que só faz mal, o que fez "bater no fundo"; quem me dera ser assim...

Um beijo minha amiga..."and so it is" como tu só mereces******te quero bem:)

delilah disse...

oh como esse 'and so it is' já esborrachou, tambem, o meu coração e todas as memórias que me ficararm a doer no peito até um dia perceber de novo o que é ser feliz.
e tu, tao bem sabes fazer jus a essa felicidade. tao bem sabes solidificar esse 'and so it is'. tão bem sabes sentir, amar, viver e fazeres com que a vida se apaixone pr ti recheando-te de coisas boas a cada passo que o coraçao, as vezes, se possa esborrachar.


gosto-te ... and so it is ..
*