aviso à embarcação



'Eu não sou boa nem quero sê-lo.
Contento-me em desprezar quase todos,
odiar alguns, estimar raros e amar um'.


Florbela Espanca

3 comentários:

ANITA disse...

“O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais, há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesmo compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudades… sei lá de quê!”


como te entendo (:

Clara Mafalda disse...

um génio essa Senhora, um génio!
beijinho grande grande

Fallen, The Countess disse...

Faço minhas as palavras dela!! Muitas vezes me revejo nos seus escritos, foi uma grande mulher... :)