together we will live forever



Porque todos os dias me anestesiam de sensações, tento, esta noite [encoberta e má], descobrir a magia de qualquer sentimento... - qualquer um. O nada de nada cobriu-me.

Há quem lhe chame sexto sentido, há quem lhe chame presságio ou premonição. Eu cá acho que é mesmo sina. Como se uma agulha espetasse o braço a cada segundo. A dor vai moendo o corpo até virem as lágrimas aos olhos. A agonia - a respiração quase que sufoca o suspiro e não dá descanso. Não consigo agora entender qualquer magia...vejo tudo um pouco turvo. E quando penso que estou a sonhar, a agulha espeta de novo... e dói. E queria que parasse de doer, porque não sei porque dói. Confusão? Completamente.

Não existe outra imagem senão a de uma criança carregada com flores nos braços, que tropeça, cai, esfola os joelhos e fica a olhar para as pétalas desfeitas no chão. A solução seria levantar, apanhar as flores - para quê, se a pedra vai estar no mesmo sítio, e no caminho de volta tropeça de novo...? A coragem de cair e levantar é admirável mas cansativa. Também mói o corpo e desgasta o que sobra da alma. Logo, o melhor é mesmo cair e levantar, porque sim. Vou-me agora desviar da pedra porquê? Caio - sina.

O que não se entende assusta. Mas fugir não... O amor não se entende mas saboreia-se, o ódio entende-se, mas fingimos que não percebemos o por quê de ser irracionais. A dor sente-se sem saber se já morremos ou não. A saudade arrepia e corta a respiração. A paixão vive-se. O medo enfrenta-se. O desconhecido sabe melhor assim, porque a minha nuvem não se desfaz. Cabem duas pessoas e eu já estou aninhada.

Ainda embriagada por momentos sinto...e hoje dói no corpo porque não percebo.

"The Fountain" - Together, We Will Live Forever"
Um filme demasiado brutal para ser explicado. Sentido sim e muito. A obsessão de amar que engrandece o Homem. O vazio que leva o peito para longe de tudo quando sentimos a falta, a dor de tudo desaparecer. A luta pelo impossível - nada mais sabe bem.
Queria percorrer 3 vidas, porque sei como o meu livro ia terminar.
A minha busca continua - vou descobrir.


3 comentários:

Oriana disse...

como são lindas as tuas palvras! como magoam e fazem sentido..

:*

delilah disse...

percorre quantas vidas quiseres. podes cair, tornar a cair e tornar a faze-lo outra vez. mas tambem te levantas mais vezes do que as que cai, mais pétalas trazes dentro de ti, mais sonhos, mais vida. nunca deixes desaparecer o rosto carregado de sensações, cheiros e paladares que tão bem nos dás a sentir.

gosto-te
:)*

inocência perdida disse...

Maria Claudia escreva outro post...isto n é vida!! De cada vez k venho ca leio isto e choro...e olha k para alguem que tem um coração de pedra é um caso sério:)

Quero-vos bem:)
PS.: Sou eu a madrinha!!!